07.ago.2017
“O Procurado” pode virar série na Netflix

Na manhã desta segunda-feira, 7, a Netflix anunciou que comprou a editora de HQs de Mark Millar, responsável por “Kingsman” e “Kick-Ass”.

E uma das primeiras adaptações pode ser a de “O Procurado”, história em quadrinhos de Miller que virou filme em 2008.

Estrelada por Angelina Jolie e James McAvoy, a adaptação faturou US$ 341 milhões para seu orçamento de US$ 75 milhões.

Por anos, o diretor Timur Bekmambetov tentou realizar uma sequência, que nunca saiu do papel.

Agora, a franquia pode ganhar sobrevida em forma de série de TV na Netflix.

Não foram reveladas mais informações, mas a série deve trazer um novo elenco vivendo os protagonistas da trama.

Ao anunciar a aquisição emblemática da Millarworld, o chefe do Gabinete de Conteúdo da Netflix, Ted Sarandos, comentou sobre o enorme potencial e currículo que Mark Millar possui, chamando-o de ‘Stan Lee dos dias modernos’:

Mark Millar é o criador e reinventor de algumas das histórias mais admiráveis, englobando desde “Os Vingadores” a “Kick-Ass”, “Kingsman”, “Wanted: O Procurado” e “Reborn”. Ele chega o mais próximo possível de um Stan Lee dos dias modernos.

Desde o nascimento da editora Millarworld, 18 universos já foram criados e alguns chegaram a ser adaptados para os cinemas, obtendo sucesso grandioso de bilheterias. As adaptações de “O Procurado”, “Kick-Ass” e “Kingsman” faturaram conjuntamente quase US$ 1 bilhão ao redor do mundo.

Fonte: Cine Pop

Aproveite para ler também:
Espere! Não se vá antes de deixar o seu comentário sobre o post




O Angelina Jolie Brasil é um site feito de fãs para fãs e tem como objetivo principal compartilhar as notícias mais recentes sobre a cineasta norte americana, Angelina Jolie. Nós não temos qualquer contato com a atriz, seus familiares e agentes. Qualquer artigo, vídeo ou imagem postado nesse site possui os direitos autorais dos seus respectivos proprietários originais, assim como todos os nossos conteúdos produzidos, editados, traduzidos e legendados devem ser creditados sempre que reproduzidos em outro site. É proibida a cópia total ou parcial deste site assim como deste layout. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade clicando aqui.