05.dez.2017
Jolie fala sobre o pai e ex-marido em Podcast

Recentemente, a cineasta Angelina Jolie concedeu uma íntima entrevista para a revista norte americana, “The Hollywood Reporter”, no Podcast Awards Chatter. Durante a entrevista, Jolie falou sobre assuntos delicados como o término de seu casamento com o ator Brad Pitt e sobre o relacionamento com o seu pai, o ator Jon Voight.

No podcast, Jolie explicou porque decidiu usar o nome de sua mãe e não o nome de seu pai depois da separação dos dois em 1976.

Eu não me sentia próxima do meu pai. Quando eu era criança, eu me achava mais filha da minha mãe. Esse foi um dos motivos. O segundo motivo foi porque eu queria ter minha própria identidade e não queria entrar em uma sala sendo conhecida como a filha de Jon Voight. Eu queria tentar conseguir um trabalho por mim mesma e não ser contratada por conta de um nome.

Apesar do relaciomento com seu pai ter sido conturbado durante os anos, ela disse que seus filhos tem ajudado a curar as cicatrizes.

Através dos netos, agora nós estamos encontrando um novo relacionamento e está sendo algo muito, muito bom. Nós tivemos algumas dificuldades. Nós conseguimos conversar sobre arte. Essa é uma linguagem comum entre nós.

Como Jon Voight afirmou publicamente apoiar o Presidente norte americano, Donald Trump, ela admitiu:

Nós realmente não conversamos sobre politica.

Jolie também falou sobre o término de seu casamento com o ator Brad Pitt e sobre fazer um segundo filme, “À Beira Mar” (2015), ao lado dele:

Nós nos conhecemos enquanto trabalhávamos juntos e nós trabalhamos juntos muito bem. Eu queria que nós fizéssemos um trabalho sério juntos… Eu pensei que seria uma boa forma de nos comunicarmos. E em alguns aspectos, foi uma boa forma, nós aprendemos algumas coisas. Mas havia um problema muito mais pesado que continuou e não foi por causa do filme. Era algo que nós estávamos lidando… as coisas acontecem por diferentes razões e motivos… Por que eu escrevi exatamente aquele roteiro? Por que nós nos sentimos daquela forma quando trabalhávamos nele? Eu não tenho certeza… Ao longo daquela década, eu perdi minha mãe. Eu me submeti a uma dupla mastectomia e então, tive um aviso de câncer de ovário, o que precisou de mais uma cirurgia, e outras coisas, claro, que acontecem na vida. Uma peça de arte pode ser algo curador ou dificultador. Eu não sei. Eu fico feliz que fizemos aquele filme pois pudemos explorar algo juntos. O que quer que seja, talvez não tenha resolvido algumas coisas, mas nós certamente comunicamos algo que precisava ser comunicado um ao outro.

Já faz um ano desde que o casal anunciou o divórcio (nós podemos nos lembrar desse dia como se fosse ontem, você também?), mas eles ainda não finalizaram o divórcio. Em Setembro de 2016, o poderoso casal de Hollywood anunciou sua separação, causada pela dependência de drogas e álcool de Brad. Desde então, Angelina possui a guarda dos seis filhos.

O podcast tem cerca de uma hora de duração e pode ser escutado na íntegra abaixo:

Áudio:

Aproveite para ler também:
Espere! Não se vá antes de deixar o seu comentário sobre o post




O Angelina Jolie Brasil é um site feito de fãs para fãs e tem como objetivo principal compartilhar as notícias mais recentes sobre a cineasta norte americana, Angelina Jolie. Nós não temos qualquer contato com a atriz, seus familiares e agentes. Qualquer artigo, vídeo ou imagem postado nesse site possui os direitos autorais dos seus respectivos proprietários originais, assim como todos os nossos conteúdos produzidos, editados, traduzidos e legendados devem ser creditados sempre que reproduzidos em outro site. É proibida a cópia total ou parcial deste site assim como deste layout. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade clicando aqui.