Arquivo da categoria: 'Trabalho Humanitário'
10.out
Jolie ofereceu ajuda para prender criminoso de guerra

Segundo uma notícia divulgada pelo jornal “The Sunday Times”, Angelina Jolie foi contatada pelo ex-procurador do Tribunal Penal Internacional para que ajudasse a prender um criminoso de guerra africano. A atriz sugeriu montar uma armadilha.

As notícias surgem com base nos mais de 40 mil documentos e emails privados encontrados pelo site de pesquisa francês Madiapart, a que o “The Sunday Time” teve acesso e que revelam que o ex-procurador do Tribunal Penal Internacional (TPI), Luis Moreno Ocampo, recorria à ajuda de várias estrelas de Hollywood para resolver conflitos internacionais.

De acordo com alguns dos emails enviados a partir do TPI, a atriz Angelina Jolie seria uma das celebridades contactadas, que teria se oferecido para ajudar a prender Joseph Kony, um dos maiores criminosos de guerra da África.

As conversações terão ocorrido há cerca de cinco anos com o então procurador do Tribunal, que pretendia que a atriz e o, na época marido, Brad Pitt, se unissem às forças especiais norte americanas para ajudar a prender Kony, na República Centro Africana.

Num e-mail enviado por Moreno Ocampo, ele afirma que Jolie tinha tido a ideia de convidar Kony para jantar e então prendê-lo. A troca de correspondência teria sido interrompida por Jolie, supostamente por conta dos avanços amorosos por parte do procurador, levando a atriz a deixar de responder.

De entre os vários contatos surgem nomes como os dos atores George Clooney e Sean Penn, bem como o de Pamela Kerr, mulher do fundador do eBay, Pierre Omidyar.

Fonte: Jornal de Notícias



14.set
Jolie participa de reunião com Secretário Geral da ONU

Na tarde desta quinta-feira, dia 14 de Setembro, a cineasta norte americana Angelina Jolie participou de uma reunião com o Secretário Geral da ONU, Antonio Guterres, na sede das Naçoes Unidas, na cidade de Nova York.

Jolie trabalha com assuntos humanitários desde 2000, quando filmou, no Camboja, o longa “Lara Croft: Tomb Raider”. Em 2001, a atriz foi nomeada Embaixadora da Boa Vontade do UNHCR / ACNUR. Já em 2012, ela recebeu foi nomeada Enviada Especial do Alto Comissário da agência.

Posteriormente, a cineasta foi fotografada quando deixava o local e caminhava em direção ao carro.

Vídeos:

Fotos:

01 02 03 04 05



12.jul
A Viagem de Angelina Jolie e Shiloh à Namíbia

No começo deste mês, Jolie e seus filhos viajaram para a Namíbia, na África, para inaugurar o Shiloh Wildlife Sanctuary e a revista People teve acesso às fotos da viagem.

O Santuário, que cuida de elefantes e rinocerontes vítimas de caça ou abuso, se localiza na Fundação N/a’an ku sê. A causa é especial para Shiloh, 11, que nasceu na Namíbia.

Seu rosto se iluminou quando viu o santuário pela primeira vez“, uma fonte contou a PEOPLE. “O nome foi uma surpresa para ela e ela estava radiante. Ela e seus irmãos e irmãs se moveram bem silenciosamente conforme os elefantes recém resgatados se acomodavam“.

Durante a estadia de cinco dias, Jolie, 42, e Shiloh conheceram os fundadores da N/a’an ku sê, Rudie e Marlice van Vuuren – que Jolie conhece há 16 anos e tiveram contato com experiências sobre o trabalho com os animais selvagens. Eles ainda se encontraram com o guepardo chamado Shiloh, que Jolie encontrou ainda quando filhote em 2015.

Jolie concluiu sua visita com uma reunião privada com o Presidente Dr. Hage Geingob e a Primeira-Dama da Namíbia, Madame Monica Geingos, para discutir a conservação da Namíbia e o compromisso recorrente de sua família com o país.

É um privilégio trabalhar com a N/a’an ku sê e poder contribuir para a conservação na Namíbia“, disse Jolie antes de partir.

Mais informações e fotos estão disponíveis na edição da revista People que chegará às bancas norte americanas nesta sexta-feira (14).

Tradução feita pelo nosso colaborador, Guilherme Leite.

Fotos:

01 02 03 04 05 06

• TRABALHO HUMANITÁRIO > 2017 > ??/07/17 (??x)



11.jul
Em vídeo, Jolie fala sobre o genocídio de Srebrenica

Na noite desta terça-feira, dia 11 de Julho de 2017, um vídeo enviado pela atriz norte americana Angelina Jolie, foi exibido durante um evento que homenageava as vítimas do genocídio de Srebrenica.

O evento aconteceu na cidade de Londres, no Reino Unido, e foi organizado pela Fundação “Remembering Srebrenica”. No vídeo, a Enviada Especial do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (UNHCR/ACNUR), se pronunciou dizendo:

Nós estamos com elas [vítimas] e nunca devemos esquecê-las. Quando o ódio não é punido, a violência fica cada vez mais próxima. Todo mundo que já visitou a Bósnia e Herzegovina sabe que os bósnios são pessoas tolerantes, bondosas, amáveis e com um grande senso de humor. Além disso, os bósnios são fortes e extremamente resistentes. Eles passaram por um genocídio, por uma “limpeza étnica” e por muitos horrores. No entanto, eles não se queixam. Eles são pessoas modestas que não exigem tratamento diferenciado ou atenção especial […]

Todos os anos, muitas vítimas ainda esperam por identificação. Hoje, no aniversário do genocídio, ainda existem sepulturas novas no cemitério de Potocari. Quando penso em Srebrenica, lembro de suas colinas verdes e dos grandes vales. Minha mente vai até Sarajevo, de seus cafés, das ruas de pedra da cidade velha, das catedrais, minaretes e das sinagogas. Ainda é difícil de acreditar que o genocídio aconteceu em solo europeu, há apenas algumas horas de distância das grandes capitais europeias.

A lição que fica é que a violência ocorre de várias formas, através do ódio, da intolerância e infelizmente nenhum desses sentimentos pertence ao passado. Eles ainda estão profundamente enraizados na natureza humana e são contrários a tudo aquilo que amamos nas sociedades democráticas.

O Massacre de Srebrenica aconteceu entre os dias 11 e 25 de julho no ano de 1995. Durante a Guerra da Bósnia, a cidade de Srebrenica foi declarada como zona de segurança da ONU no ano de 1993, sob vigilância da Força de Proteção das Nações Unidas.

Entretanto, em julho de 1995, o general Ratko Mladi e suas unidades paramilitares sérvias invadiram e tomaram a cidade, apesar desta ter sido designada como uma “área livre de qualquer ataque armado ou qualquer outro ato hostil”.

Nos dias seguintes à tomada de Srebrenica, mais de 8.000 homens e meninos muçulmanos nascidos na Bósnia, foram sistematicamente massacrados e enterrados em valas comuns. Milhares de mulheres, crianças e idosos foram deportados à força. Além disso, outras milhares de mulheres foram estupradas.

Foi a maior atrocidade em solo europeu desde a Segunda Guerra Mundial. A Corte Internacional de Justiça (CIJ) e o Tribunal Penal Internacional declararam que a execução em massa dos homens e garotos em Srebrenica constituiu o crime de genocídio.

Fonte: Klix

Para aquelas pessoas que desejam colaborar com a campanha, o site “Remembering Srebrenica” possibilita, ainda, a opção de fazer doações online. Faça sua doação (em inglês).

Fotos:

01 02 03 04 05 06

• TRABALHO HUMANITÁRIO > 2017 > 11/07/17 – LONDRES (5x)



07.jul
Jolie inaugura Santuário de Vida Selvagem na Namíbia

Nesta semana foi anunciado que Angelina Jolie ajudou a abrir um novo santuário de vida selvagem na Namíbia, que recebeu o nome de “Shiloh Wildlife Sanctuary”, em homenagem a filha da atriz, Shiloh Nouvel Jolie-Pitt, nascida no país africano no ano de 2005.

O santuário foi construído através da parceria da Fundação Jolie-Pitt com a Fundação N/a’an ku sê. Jolie, que é parceira da N/a’an ku sê Foundation há mais de 16 anos, ajudou a abrir o novo santuário junto com a filha Shiloh no início do mês de Julho de 2017, durante uma recente viagem à Namíbia.

Na viagem, Shiloh participou da inauguração do local e posou para fotos durante a abertura da instalação. O novo santuário tem como objetivo fornecer assistência e cuidados para a vida selvagem da região como, por exemplo, rinocerontes e elefantes que foram feridos ou que se tornaram órfãos em decorrência da caça.

Além de disponibilizar um veterinário em tempo integral, o santuário possui caminhões e equipamentos veterinários disponíveis. Todos os animais serão tratados até que estejam suficientemente saudáveis para retornarem à natureza.

Angelina Jolie é Enviada Especial do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (UNHCR/ACNUR) e, em diversas vezes, levou a filha em suas viagens humanitárias. Juntas, elas visitaram campos de refugiados e áreas de conservações ambientais.

Além do “Shiloh Wildlife Sanctuary”, a Fundação Jolie-Pitt também está trabalhando na construção de uma clínica especializada para pacientes com AIDS/HIV e tuberculose na Etiópia, e foi responsável pela criação da “Maddox Jolie-Pitt Foundation” no Camboja.

Fonte: Naankuse



O Angelina Jolie Brasil é um site feito de fãs para fãs e tem como objetivo principal compartilhar as notícias mais recentes sobre a cineasta norte americana, Angelina Jolie. Nós não temos qualquer contato com a atriz, seus familiares e agentes. Qualquer artigo, vídeo ou imagem postado nesse site possui os direitos autorais dos seus respectivos proprietários originais, assim como todos os nossos conteúdos produzidos, editados, traduzidos e legendados devem ser creditados sempre que reproduzidos em outro site. É proibida a cópia total ou parcial deste site assim como deste layout. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade clicando aqui.